Obras em Salamonde condicionam nível albufeira

Lisboa, 20 de abril de 2012

Novos condicionamentos dos níveis de água da albufeira da Caniçada em 2012

No âmbito da construção do Projeto de Solomonde II, a execução de um elemento temporário de obra (ensecadeiro) na parte terminal da albufeira da Caniçado implicaria, de acordo com as condições de Iicenciamento do projeto, realizar um abaixamento do nível da mesma de cerca de 8 m, relativamente à cota de estiagem (146,00, referida ao nivelamento geral do país), no período compreendido entre 1 de maio e 15 de iulho.

Coincidindo este período com o de maior utilização da albufeira, a EDP, procurando evitar e minimizar impactes socioeconómicos, concretamente nas atividades, infraestruturas e equipamentos de recreio e lazer em torno do referido plano de água e, também, a nível ecológico, realizou estudos adicionais para equacionar uma solução mais adequada.

Em resultado desses estudos adotou, assim, uma solução construtiva para execução da ensecadeira que, apesar de economicamente mais desvantajosa, é compatível com níveis de água já ocorridos na albufeira da Caniçada, em anos recentes, permitindo simultaneamente o desenvolvimento das referidas atividades no período estivaI.

Assim, processar-se-á um abaixamento máximo de cerca de 1,80 m do nível do plano de água, relativamente aos níveis mais frequentes naquele período (146,00). A variação diária dos níveis do plano de água não ultrapassará 1 m. Os novos condicionamentos dos níveis da albufeira da Caniçada para realização das obras de Salamonde II, no ano em curso, são os indicados no quadro seguinte:

Síntese dos novos condicionamentos da albufeira da caniçada para as obras de Salamonde II, em 2012

Abaixamentos do nível de água da albufeira da Caniçada

- até 31 de Maio - Cota (144.20)* /1.8O m abaixo da cota de estiagem

- entre 1 de Junho e 15 de Setembro - cota usual de estiagem (146,00)/sem abaixamento

*A ocorrência, nos períodos indicados, de condições meteorológicos adversas, poderá levar à necessidade de efetuar pequenos ajustes ao programo indicado. Refira-se que este ano, particularmente seco, registaram-se níveis fora do habitual, nesta época.

Saliente-se que estes novos condicionamentos satisfazem as pretensões dos participantes nas sessões públicas de divulgação do estudo "Diagnóstico e Plano de Ação no âmbito dos abaixamentos da albufeira da Caniçada" e dos respetivos resultados, de antecipar o período inicial de condicionamento previsto, de modo a não coincidir com a época de maior utilização da albufeira (entre l e 15 setembro).

A EDP, prosseguindo a estratégia de promoção e exploração de centros eletroprodutores que utilizam fontes renováveis, encontra-se a executar o Reforço de Potência do Aproveitamento de Salamonde - Salamonde II. Este projeto consiste, genericamente, na realização de um circuito hidráulico e central subterrâneos, com um grupo reversível de 207 MW de potência e uma produção total anual de 274 GWh, aproveitando a queda de 118 m criada pelas albufeiras das barragens de Salamonde e da Caniçada, que integram o sistema Cávado-Rabagão-Homem. O Projeto de Salamonde II corresponde a um investimento global de 210 M euros, mobiliza cerca de 50 empresas e cria cerca de 500 postos de trobolho diretos e 1500 indiretos, da totalidade dos quais 25% são locais.