Prémio “Douro Ensaio”, com apoio da Fundação EDP, atribuído a Eduardo Firmino Ricardo

Lisboa, 14 de dezembro de 2009

A Direcção Regional de Cultura do Norte e a Fundação EDP atribuíram o prémio “Douro Ensaio” a Eduardo Firmino Ricardo. O ensaísta, natural de Torre de Moncorvo, viu assim reconhecido o trabalho de investigação da obra do escritor Campos Monteiro (1876-1933), também de Torre de Moncorvo. A cerimónia de entrega do prémio decorreu a 14 de Dezembro, dia do 8º aniversário da classificação do Douro como Património da Humanidade.

A Direcção Regional de Cultura do Norte (DRCN) e a Fundação EDP instituíram em 2009 o Prémio «DOURO ENSAIO», destinado a distinguir o melhor ensaio sobre obras do património literário relacionado com a região duriense e/ou sobre os seus escritores.

Com o Prémio «DOURO ENSAIO», a DRCN e a Fundação EDP pretendem destacar e estimular a publicação de estudos, sob a forma de dissertações académicas ou outros trabalhos de investigação no género de ensaio literário, que permitam aprofundar o conhecimento sobre a vida e obra de escritores naturais da região do Douro contribuindo para valorizar e divulgar esse património colectivo enquanto factor de representação, de conhecimento e de identidade desta região.

A entrega oficial do prémio decorreu no dia 14 de Dezembro, pelas 15 horas, no Museu do Douro (MD), Peso da Régua, precisamente no dia em que se comemorou o 8º aniversário da elevação do Douro a Património da Humanidade. A cerimónia contou com a presença da nova directora da DRCN, Paula Silva, do director do MD, Fernando Maia Pinto, do director da Fundação EDP, José Manuel dos Santos e do Presidente da Câmara de Torre de Moncorvo, Aires Ferreira.

A Fundação EDP, cada vez mais próxima das regiões onde está a construir barragens, esteve presente através do seu eixo da cultura. Foi com grande prazer que entregou o prémio a José Eduardo Firmino Ricardo, natural de Torre de Moncorvo. O vencedor desta edição cujo ensaio resultou da investigação e estudo da obra do escritor Campos Monteiro (1876-1933) acredita que esta pode ser uma oportunidade única para fazer renascer a obra deste autor, também ele natural de Torre de Moncorvo.

Imagens

  • A directora da DRCN, Paula Silva e o director da Fundao EDP, Jos Manuel dos Santos, entregam o Premio da 1 Bienal Douro Ensaio a Jos Eduardo Firmino Ricardo como resultado pela sua investigao e estudo sobre a obra do escritor duriense Campos Monteiro (1876-1933).