EDP apoia feiras em Sever do Vouga e Vila Velha de Ródão

Lisboa, 05 de julho de 2011

No âmbito dos novos projetos hidroelétricos de Ribeiradio-Ermida e do Alvito, a EDP patrocinou a Feira do Mirtilo, em Sever do Vouga, e marcou presença na Feira de Atividades Económicas, em Vila Velha de Ródão.

A EDP patrocinou a realização da 4ª edição da Feira do Mirtilo, que decorreu em Sever do Vouga, distrito de Aveiro, durante os dias 1, 2 e 3 de julho. O certame, que transcorreu sob o lema ?eu amo mirtilo?, foi organizado pela Associação para a Gestão, Inovação e Modernização do Centro Urbano de Sever do Vouga (AGIM) e pela Câmara Municipal de Sever do Vouga e contou com a presença de milhares de pessoas.

Além da parceria firmada entre a companhia e a organização da Feira do Mirtilo, a EDP marcou também presença com um expositor onde se destacavam os novos investimentos hídricos em curso, nomeadamente o futuro Aproveitamento Hidroelétrico de Ribeiradio-Ermida, os diversos programas desenvolvidos associados à construção das novas barragens bem como o Projeto de Desenvolvimento Agrícola ? este programa visa apostar na agricultura do país, apoiando os produtores e promovendo o consumo de produtos locais.

Esta é uma feira com amplitude nacional que atrai, desde a sua primeira edição, dezenas de milhar de pessoas oriundas de diversas regiões do país. Por outro lado, trata-se de um evento que está articulado com todo um trabalho que tem vindo a ser realizado pela AGIM, com apoio do município de Sever do Vouga, e que pretende melhorar a competitividade do sector agrícola.

Refira-se que, desde 2008, a AGIM tem prestado apoio técnico aos produtores de mirtilo para a melhoria e aumento das suas plantações e realização de novos investimentos, especialmente por parte de jovens agricultores. O impacto do trabalho desenvolvido tem sido tão forte que só ao nível do concelho de Sever do Vouga há já, neste momento, cerca de 30 projetos de jovens agricultores aprovados para além do investimento realizado por pequenos produtores que já ultrapassa os 3 milhões de euros.

Importa ainda mencionar que toda esta dinâmica e apoio tem-se espalhado aos concelhos limítrofes, nomeadamente a Oliveira de Frades, S. Pedro do Sul, Vouzela, Águeda, Vale-de-Cambra, entre outros, pelo que a aposta na produção e promoção do mirtilo transcende largamente os limites do concelho, embora Sever do Vouga lidere a fileira em termos produtivos e de comercialização, daí a designação de Sever do Vouga como a ?Capital do Mirtilo?.

EDP na Feira de Atividades Económicas em Ródão

Por outro lado, no âmbito do projeto do Aproveitamento Hidroelétrico do Alvito, a EDP marcou presença com um expositor na Feira de Atividades Económicas em Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, que decorreu nos dias 24, 25 e 26 de junho.

Na sessão de abertura do evento, dia 24, a presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, Maria do Carmo Sequeira, teceu vários elogios à EDP e enalteceu as novas oportunidades que a construção da barragem do Alvito trará para a região. Nesta cerimónia esteve também presente o presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Joaquim Mourão.

Por sua vez, o administrador da EDP Produção, António Castro, presente em representação do Grupo, elogiou a atitude e colaboração dos autarcas ? de Vila Velha de Ródão e Castelo Branco ? e afirmou que as obras do empreendimento devem avançar ainda durante este ano. Destacou ainda a empregabilidade que a construção da barragem vai proporcionar, cerca de 1 000 postos de trabalho diretos, e a sua capacidade de bombagem aproveitando a albufeira da barragem da Pracana a jusante.

Imagens