EDP lança concurso para equipamentos da nova central de Salamonde

Lisboa, 09 de agosto de 2010

Investimento de 200 milhões no reforço de potência da barragem

A EDP vai lançar um concurso para fornecimento de equipamentos para a nova central hidroeléctrica a instalar na barragem de Salamonde, no concelho de Vieira do Minho. O grupo tem já em curso a análise de propostas para a construção, prevendo-se que o reforço de potência de Salamonde possa estar operacional em 2015. O investimento total envolvido neste projecto ronda os 200 milhões de euros.

A entrega das propostas de fornecimento de equipamentos está prevista para Dezembro. Entretanto, deverá ser adjudicada a empreitada geral de construção, prevendo-se que as obras possam arrancar ainda em Outubro, após emissão da Declaração de Impacte Ambiental (DIA).

O fornecimento alvo do concurso inclui todos os equipamentos eléctricos e hidro-mecânicos, designadamente o grupo reversível, materiais e instalações necessários ao funcionamento e exploração da central. A respectiva adjudicação está prevista para o início do 2º trimestre de 2011.

A central do Reforço de Potência de Salamonde II acrescentará aos actuais 42 MW uma potência de 207 MW , com uma produção média anual bruta de 320 GWh, prevendo-se a entrada em serviço em 2015.

Este reforço de potência, que envolve um investimento global da ordem de 200 milhões de euros, a preços de 2010, permitirá uma melhor gestão dos aproveitamentos do sistema Cávado-Rabagão, incluindo o significativo aproveitamento dos caudais que, em épocas de cheias, seriam objecto de descarregamento.

Salamonde II é um dos 11 projectos que o Grupo tem inscritos no seu plano de investimentos hídrico, que prevê investimentos de 3.000 milhões de euros a realizar em Portugal até ao final da década.

Imagens