DISCLAIMER: Ao continuar a navegar nesta página web, o utilizador está a concordar expressamente com a colocação de cookies no seu computador que permitem medir estatísticas de visitas e melhorar a qualidade dos conteúdos oferecidos.

EDP lança nova edição de projeto de Biodiversidade

Lisboa, 13 de dezembro de 2017

Programa Junto à Terra premiou na edição de 2016/2017 “histórias” de biodiversidade contadas por jovens estudantes do 9º ano.

A EDP e os seus parceiros do Projeto Junto à Terra (JaT), organizaram no passado dia 24 de novembro o Workshop Final do JaT.

Este foi um momento de partilha com três objetivos: uma oportunidade de partilha dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos que participaram na primeira edição do Projeto, que decorreu no Baixo Sabor; o encerramento desta primeira edição que decorreu em modo de projeto piloto; e o lançamento da nova edição do JaT, desta vez feita para os territórios do Baixo Sabor e de Foz Tua.

Desenvolvido o ano passado, o projeto de educação para o Desenvolvimento Sustentável tem como objetivo promover a importância da biodiversidade junto dos alunos do 3º ciclo.

Neste dia de lançamento da nova edição, foram também conhecidos os vencedores da edição de 2016/2017. Foram premiados 15 alunos do 9º ano, pelos seus vídeos produzidos sobre biodiversidade.

O projeto de educação para a Biodiversidade e o Desenvolvimento Sustentável premiou as melhores “histórias“ destes alunos, a quem foi lançado o desafio de mostrar a importância da biodiversidade na promoção do desenvolvimento local.

Na edição piloto do “Junto à Terra” participaram as escolas dos concelhos de Alfândega da Fé, Mogadouro, Macedo de Cavaleiros e Torre de Moncorvo, distrito de Bragança. Para o ano letivo em curso, edição de 2017/2018, será alargado às escolas de Mirandela, Murça, Carrazeda de Ansiães, Vila Flor e Alijó. Ficará assim coberto todo o território abrangido pelas barragens do Baixo Sabor e de Foz Tua.

Os vídeos premiados revelam os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos pelos 267 alunos ao longo do desenrolar do projeto, em visitas de campo e formação online www.geracaoedp.edp.pt/juntoaterra. Mostram ainda evidências de como os habitantes daquela região de Trás-os-Montes foram interagindo com a Natureza, baseando nela formas de subsistência.

Este momento de partilha, evidenciou também o trabalho realizado pela EDP e parceiros no âmbito do fórum participativo em que o projeto foi construído. Foram ouvidos os testemunhos dos parceiros do Baixo Sabor, passando pela comunidade escolar, até às associações locais, em ambiente descontraído e participativo que mostrou mais uma vez o espírito deste projeto.