Barragem de Ribeiradio já liga Sever do Vouga a Oliveira de Frades

Lisboa, 20 de agosto de 2015

Coroamento da barragem aberto ao trânsito

A nova barragem de Ribeiradio já assegura a ligação entre os concelhos de Sever do Vouga e Oliveira de Frades. A circulação automóvel pelo coroamento da barragem constitui assim uma alternativa às ligações, já existentes, entre as duas margens do rio: em Pessegueiro do Vouga e em Sejães.

Cumprida mais esta função, fica praticamente concluído o empreendimento de Ribeiradio-Ermida. As duas centrais hidroelétricas estão já a produzir energia, estando apenas em curso trabalhos finais de recuperação e integração paisagística das áreas dos estaleiros e de restabelecimento de acessos e serventias na periferia da albufeira de Ribeiradio.

No total, Ribeiradio e Ermida terão uma produção média anual de energia elétrica de 139 GWh, capaz de satisfazer o consumo de 28 000 a 30 000 pessoas, mais do que a população dos concelhos de Sever do Vouga e Oliveira de Frades onde se desenvolveram os trabalhos.

A construção, iniciada em 2010, envolveu mais de 600 trabalhadores e de uma centena de empresas, cerca de 20% dos quais locais. Os quatro concelhos do distrito de Aveiro e Viseu (Sever do Vouga, Oliveira de Frades, S. Pedro do Sul e Vale de Cambra ganham uma albufeira com 23 km de extensão, cujo aproveitamento será determinado pelo futuro Programa das Albufeiras de Ribeiradio e Ermida.

Outros acessos locais:

  • Concluídos os restabelecimentos das serventias (caminhos florestais). Necessidade de pedidos posteriores de restabelecimentos em análise.
  • Trabalhos em curso nos restabelecimentos protocolados com a CM Oliveira de Frades (Ligações rodoviárias de Ugeiras-Sejães e Virela-Fornelo).
  • Trabalhos em curso nos restabelecimentos protocolados com a CM de Sever do Vouga: diversas serventias (caminhos florestais).
  • Restabelecimento em Arões: protocolo em análise pela CM de Vale de Cambra.
  • Praias fluviais: os projetos prévios, elaborados por forma a obter o acordo das entidades envolvidas e satisfazerem as condições que vierem a ser estabelecidas no Programa das Albufeiras de Ribeiradio e Ermida, foram apresentados às Câmaras Municipais.