Nova central do Alqueva inicia produção de energia

Lisboa, 22 de outubro de 2012

Alqueva II completa, com êxito, primeira ligação à rede. Investimento de 190 milhões de euros no reforço de potência em fase de conclusão

A nova central do Alqueva deu um passo decisivo injetando pela primeira vez eletricidade na rede. Esta etapa faz parte do conjunto de ensaios de entrada em serviço do reforço de potência da central hidroelétrica de Alqueva (Alqueva II).

Esta primeira ligação à Rede Nacional de Transporte, concretizada na passada sexta-feira, envolveu um dos dois grupos reversíveis que equipam o novo empreendimento. Os ensaios no outro grupo decorrem a bom ritmo, esperando-se que a sua primeira ligação possa ter lugar até ao final do presente mês.

O reforço de potência, constituído por uma segunda central com características técnicas muito similares à da central existente (Alqueva I), é equipado com dois grupos geradores reversíveis (turbinas-bombas), que duplicarão a potência atualmente instalada na central de Alqueva I, a qual passará de 260 MW para cerca de 520 MW. A produção média anual da nova central de Alqueva II será de 381 GWh, suficiente para abastecer, na zona do empreendimento, os consumos agregados dos concelhos de Évora, Beja, Portel, Moura e Vidigueira, que correspondem por exemplo a cerca de 63 % do consumo anual do concelho do Porto.

A construção do novo empreendimento, que envolveu um investimento de cerca de 190 milhões de euros, permitiu criar entre 2009 e 2012 um número médio de 1 500 postos de trabalho entre diretos e indiretos. Dos 350 postos de trabalho diretos, cerca de 27% corresponderam a mão de obra residente num raio de 30 km do local da nova central.

Imagens