Oito Bandas Filarmónicas na Casa da Música

Lisboa, 25 de julho de 2012

Fim-de-semana EDP - Encontro de bandas filarmónicas

Oito bandas filarmónicas, oriundas, na sua maioria, do Nordeste Transmontano, enchem a Sala Suggia de vários géneros musicais: paso doble, obras com solistas, medleys, aberturas e música popular portuguesa. Nos dois dias deste Encontro de Bandas Filarmónicas, os concertos do fim da tarde são precedidos por desfiles na Praça.

O Encontro de Bandas Filarmónicas, que conta com o apoio da Fundação EDP, acontece pelo quarto ano consecutivo e representa uma oportunidade única para ouvir o trabalho de algumas das melhores bandas de música do país. Com um inestimável valor cultural e social, as filarmónicas apresentaram-se durante muitas décadas como o único meio de divulgação e aprendizagem da música fora dos centros urbanos, acessível a todas as classes sociais.

A Banda de Música 1º de Maio da Associação de Socorros Mútuos dos Artistas Mirandelenses foi fundada em 1902. Ao longo de mais de um século, a banda esteve várias vezes à beira da extinção, mas o apoio das autoridades e das gentes da terra permitiram ultrapassar as dificuldades e fazer chegar até aos nossos dias esta importante estrutura cultural e recreativa. A Banda 1º de Maio é, actualmente, a única Banda do concelho de Mirandela, marcando presença em todas as ocasiões festivas ou institucionais da cidade. As solicitações da Banda são permanentes, incluindo deslocações ao estrangeiro, nomeadamente a França e Espanha.

A Banda Marcial de Murça foi criada em 1870 por um oficial francês foragido da guerra Franco-Prussiana. Desde então, tem sido um elemento difusor da cultura e nome da terra, tendo por ela passado gerações de artistas. José Luís Borges Coelho, maestro natural de Murça, dá o nome à escola de música da banda, que recebe anualmente uma média de 15 alunos. Das muitas obras que a banda tem no seu arquivo, destaca-se uma "Missa de Réquiem", datada de 1884. Todos os anos a banda actua em festas, romarias e concertos, tendo já actuado em Espanha, França e Luxemburgo. Actualmente é constituída por 60 elementos, a maior parte deles jovens, e tem na sua direcção artística o Maestro Lourenço Cruz.

A Banda Municipal de Alfândega da Fé nasceu a 29 de Maio de 2002. Este projecto, lançado pelo Município, contou com a colaboração inicial de ex-músicos da antiga Associação da Banda de Sambade e da antiga Banda dos Bombeiros de Alfândega da Fé. A direcção artística da banda pertence ao Maestro Vitor Nascimento que ocupa ainda funções na formação de jovens músicos, com o objectivo de integrarem a Banda. Actualmente, a Banda Municipal de Alfândega da Fé é constituída por cerca de 60 elementos. No seu historial recente contam-se participações em encontros de bandas, em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente em França e Espanha. Em 2007, gravou o Cd "Harmonias".

A Associação Banda 25 de Março, designação datada de 1980, foi fundada em 1911, sendo então designada por Banda de Lamas de Podence. A Associação Banda 25 de Março tem sede própria, inaugurada em 1998, que acolhe os ensaios da banda e a escola de música. A Banda conta com actuações em Portugal Continental, Açores e também no estrangeiro. Actualmente, a Associação Banda 25 de Março é constituída por 42 elementos com uma média de idades de 24 anos. Desde Outubro de 2007, tem como maestro o Professor Bruno Pinto, que acumula funções como professor da escola de música.

A Banda de Música de Felgar foi fundada em 1964 e, até esta data, manteve-se em actividade ininterruptamente. Em 1992, a Banda de Música adquiriu estatutos próprios, passando a ser um órgão da Sociedade Filarmónica Felgarense. A Banda possui ainda uma Escola de Música que funciona diariamente, e que conta com cerca de 50 alunos. As actividades da Banda de Música de Felgar são uma constante durante todo o ano. Ao longo da sua existência, a Banda conta com diplomas do INATEL pela participação em várias actividades, bem como outras distinções.

A Banda Filarmónica de Carviçais foi fundada em 1898. Na década de 1930, por dissidências internas, a Banda dividiu-se em "Os Mineiros" e "Os Patanhosos". A cisão pouco durou. Mais tarde, por circunstâncias dos tempos, como a emigração, a Banda foi perdendo elementos e cessou a sua actividade musical. Com o regresso à terra de muitos carviçaenses, nomeadamente das ex-colónias, formou-se um movimento que levou à reconstituição da Banda Filarmónica de Carviçais, em 1978. A regência da Banda Filarmónica de Carviçais e a Direcção da Escola de Música são da responsabilidade do Tenente Coronel Fernando José Sanches.

A Banda de Música da Associação Cultural e Recreativa de Vila Flor foi criada em 1982, acabando por cessar a actividade em 1991, devido a fatores associados à emigração e à deslocação da população juvenil para o litoral. Quatro anos depois, músicos da extinta Banda e os novos formandos da Escola de Música permitiram o ressurgimento da Banda de Vila Flor. Actualmente, a Banda é formada por 40 elementos, na sua maioria muito jovens, que aos sábados à tarde se juntam para se dedicarem à música. Tem no seu palmarés várias participações em concertos com outras bandas filarmónicas, desfiles, festas e romarias. O maestro da Banda de Vila Flor é Carlos Sampaio.

Fundada em 1820, a Banda Cabeceirense é a mais antiga das colectividades do concelho, sendo também a de maior implantação e a que mais contribuiu para a aprendizagem e divulgação musical nas terras de basto. Em 1999, na sequência da grande afluência de jovens à Escola de Música, nasce a Banda Juvenil Cabeceirense, composta por 40 jovens executantes. Há mais de 180 anos que esta banda participa nas maiores romarias do Norte do país, festivais de bandas filarmónicas, concertos em teatros e desfiles. Actualmente, a Banda Cabeceirense tem como director artístico Armindo Nunes, que acumula o ensino na escola de musica da banda.

Sábado, 28 de Julho

Desfile da Banda de Música 1º de Maio

16h30 I Praça

Desfile da Banda Marcial de Murça

17h30 I Praça

Banda de Música 1º de Maio

Banda Marcial de Murça

Banda Municipal de Alfândega da Fé

Associação Banda 25 de Março

18h00 I Sala SuggiaI Entrada Livre

Domingo, 29 de Julho

Desfile da Banda de Música de Felgar

16h30 I Praça

Desfile da Banda Filarmónica de Carviçais

17h30 I Praça

Banda de Música de Felgar

Banda Filarmónica de Carviçais

Banda de Música de Vila Flor

Banda Cabeceirense

18h00 I Sala Suggia I Entrada Livre

Imagens