DISCLAIMER: Ao continuar a navegar nesta página web, o utilizador está a concordar expressamente com a colocação de cookies no seu computador que permitem medir estatísticas de visitas e melhorar a qualidade dos conteúdos oferecidos.

Escolas descobrem história do vale do Sabor no terreno

Lisboa, 28 de maio de 2012

Para dezenas de jovens de Alfândega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro e Torre de Moncorvo a história ganhou uma nova dimensão ao visitarem as escavações arqueológicas de Cilhades.

A poucos quilómetros das suas casas, junto ao leito do rio Sabor, há uma construção fortificada que data do século V a.c. Ao lado, uma necrópole da Idade Média. Numa outra frente de trabalhos, vestígios de um possível povoado romano.

Na visita que fizeram à área da futura barragem do Sabor, em Maio último, os alunos das escolas dos quatro concelhos abrangidos pelo projeto, puderam recuar vários séculos e observar os vestígios da ocupação humana do vale do Sabor.

A visita foi precedida por uma aula teórica, em sala, de modo a contextualizar os trabalhos arqueológicos em curso. No âmbito do mapeamento de todo o vale, foram detetadas três zonas de maior interesse e que marcam a continuidade da ocupação humana naquele território na época antiga (entre o século V antes de Cristo e a Idade Média, ou seja, o seculo XII-XIV da nossa Era).

  • Castelinho, um recinto da Idade do Ferro
  • Sítio de Cemitério dos Mouros ( um possível povoado romano ainda em fase de diagnostico através da escavação)
  • Necrópole Medieval.

Estes estudos reconstituirão a dinâmica do povoamento dessa mesma área desde a Idade Média à atualidade. Além da componente arqueológica, há igualmente investigação etnográfica e antropológica.

Ao convidar os jovens da região a observar de perto esta investigação de dimensão pouco habitual, a EDP quis partilhar conhecimento e fomentar uma maior valorização do património local. ?Conhecer é também caminhar, olhar e entender com os sentidos?, é a lógica subjacente a esta iniciativa denominada ?Aprender Arqueologia?.

Cilhades mostra o modo como Homem e a Natureza foram transformando esse território ao longo do tempo, deixando vestígios valiosos da arquitetura, da arte, do modo de vida e até das crenças das gentes do vale do Sabor.

Clique aqui para mais informação sobre Plano de Salvaguarda do Património.

Imagens